quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Indignação.

Acho que a palavra da semana chama-se indignação - e isso é indiscutível.
Não só os fatos que já comentei antes por aqui, mas até por simples documentários que assisti, reportagens que li... Fizeram com que eu me sentisse nada mais nada menos que indignada, acho que essa sim é a palavra certa.
Eu sei que uma só pessoa não pode da noite pro dia mudar o mundo; como também sei que ninguém é capaz de mudá-lo (hiper redundante). Mas não é o fato de não poder mudá-lo que nos impede de fazer com que ele seja pelo menos um pouco melhor.
Contudo, o que me deixa indignada mesmo é a falta de atitude das pessoas, é o medo de se manifestar; é o medo de se expressar - e pessoas inexpressivas também me deixam indignada.
Por que é muito mais fácil culpar o bandido pela violência do que culpar uma população acomodada que não faz nada pra que a situação mude? Por que é tão mais fácil tachar alguém que manifesta-se a cerca das circunstâncias, do que aliar-se a ela pela causa?
São respostas que com certeza me deixarão tão mais ou quanto já estou: indignada.

2 comentários:

Na. disse...

E vc, o que tem feito para diminuir isso que lhe causa tanta indignação?!

=)

Xerus
=***

A Vaca disse...

eu tento lutar pelas causas, mas uma só no meio da frente de batalha fica difícil né? AUHSHAUH fui até parar na sala da direção por causa do último texto - o que acabou rendendo no belo prato ilustrado no post abaixo hahaha ;*