terça-feira, 8 de junho de 2010

  • “Não podia ter havido dois corações tão sinceros, nem gostos tão semelhantes, nem sentimentos tão em uníssono ou rostos tão amados. Agora era como se fossem estranhos, não, pior que estranhos, porque nunca se conheceriam. Seriam estranhos para sempre.”
- Jane Austen (Persuasão).

Um comentário:

Meyke disse...

Sindo uma indireta pra alg em seu post kkkk


ow aki eh meyke fake do ow boleragem manda o link do teu orkut aí por mail

meique@hotmail.com