domingo, 6 de setembro de 2009

amigo de verdade :0

Já reparou que é nas horas mais improváveis que a vida nos põe à prova e nos mostra nossos verdadeiros amigos?
Ontem aconteceu um fato estranho, e foi isso que me fez parar pra pensar. Estávamos ontem numa pizzaria, comemorando o aniversário de uma das minhas melhores amigas. Até aí tudo bem. Tirando o fato de que a maioria dos que ela queria que fossem, não foram. Eu pensei - nossa, todos devem ter viajado - mas a coisa era bem mais complicada. Não viajaram, apenas não tinham como chegar ao local, ou tinham algo mais importante pra fazer. Ela ficou triste, claro... e quem não ficaria?
Pois são esses momentos que nos fazem refletir quem está conosco de verdade, quem tá sempre ali, não importa a hora e o lugar.
Os outros, que eram amigos que se diziam pra toda uma vida, deixaram de comemorar junto a ela a data mais importante de sua vida. E nós, que não nos dizíamos de uma vida inteira, e apenas estávamos com ela porque gostamos de verdade, e não precisamos andar gritando aos quatro cantos que somos melhores amigas, irmãs, e coisas do tipo...que desfizemos compromissos para poder estar com ela, que realmente estávamos ali do lado dela...
São nessas horas que as palavras tornam-se menos importantes que os gestos.
Espero que apesar de não ter se sentido bem, ela tenha ao menos aprendido a lição: "Um simples amigo espera que estejas sempre para ele, já um amigo de verdade espera sempre estar para ti! "

3 comentários:

Vânia disse...

Por experiência própria sei como ela deve ter se sentido nessa data tão importante. Mas a vida é assim mesmo!!! Temos que seguir em frente apesar de tudo e todos.

Na. disse...

É, mas se prender apenas ao fato de alguns não irem não implica necessáriamente que não quizessem ter ido, mas que não puderam. Eu ficaria mais chateada se ele me esquecessem nessa data, tipo, nem um telefonema ou mensagem, ou visita, ou sinal de fumaça. rs

Xerus
=***

Ah, adorei o post anterior! Esse mundo está perdido, e deve ser por conta de uma epidemia de labirintite! rs

A Vaca . disse...

pois é, a culpa é sempre da labirintite HAHAHA