domingo, 18 de abril de 2010

nada do que não era antes quando não somos mutantes.

Putz! Não querendo ser ultraconservadora (visto que isso seria realmente impossível, pois sexta-feira fui bonitinha, voltei que nem um pinto molhado de uma festa) mas as coisas andam é artificiais bacarái, hein? Hoje em dia são cabelos artificiais, dentes artificiais, sorrisos artificiais, unhas postiças, cílios postiços, pessoas postiças aaaaaaah! tudo postiço
Sem querer me descontrolar, é engraçado como isso ainda é encarado como um fato dentro da normalidade (não tô me excluindo desse grande grupo não, galera). E mais engraçada é a forma com que a maioria das pessoas tornam-se verdadeiras metamorfoses ambulantes e, mesmo se arrependendo, não param de mudar. Não estacionam nunca. (p.s.: não tô falando das mudanças comportamento-emocionais). Não estaciono! Mas acho que eu era mais feliz com meus cachos....

Pronto, falei. ´=x

3 comentários:

Naaaany ☼ disse...

ah,vaka,meu cabelo n é ruivo de verdade, mas n anda nas chapinhas direto ahsioaehaoieuheiouaehie

bem,
chapinha, unha, etc, não é ruim;
ruim é o estilo que ninguém mais tem.
tu já reparou lá no colégio como todas as meninas parecem iguais? '-'

pronto.falei

prihtrindade disse...

Pior que eu to nesse grupo...
acho dificil uma garota nao ta no grupo do "cabelo artificial".

E nossa, concordo com o que a menina acima disse:

"lá no colégio como todas as meninas parecem iguais?"

Sempre a mesma calça apertada, um tenis, cabelo liso, e o pior: personalidades que mais parecem copias.

B. disse...

Bom, meus cachos nunca foram muito gatinhos não =S

e entao fico pensando: o que mais faltam inventar para nos padronizar mais e mais?