domingo, 17 de janeiro de 2010

O Homem é o Lobo do Homem

Hoje eu tava passando pela sala, e meus pais assistiam, - tava passando sobre o Haiti na TV - e logo apareceu a cena do "dia", mostrando que na igreja onde estava a missionária Zilda, criadora da Pastoral da Criança, sobrara em pé apenas a imagem de Jesus crucificado. Minha mãe, filha de uma católica fervorosa, logo diz: é castigo divino. Nessa hora, eu quase pulo: castigar um povo tão... E meu pai logo completa: mais castigo do que a vida que eles têm?
Vim pro quarto, liguei a TV e comecei a pensar mais sobre o assunto. Quando passa no Fantástico uma cena com pessoas brigando pelos donativos - por comida. Menos mal. Mas daí, passa uma reportagem falando que assim como o agravamento da miséria causado pelos tremores de terra, aumentou a violência. Os presos fugiram da cadeia que desmoronou, e agora saqueiam tudo o que veem pela frente.
Não sei por que ainda me pergunto por que as pessoas são assim, agem assim. No lugar delas, eu agradeceria a "oportunidade" de estar viva, mais uma vez. Eu, com uma experiência de quase morte dessas tentaria me regenerar, sei lá... Ajudar a salvar outras vidas, ou pelo menos tentar... E não sair por aí saqueando pessoas que se encontram na mesma situação que eu, ou ainda pior.
Como diria o filósofo Sêneca, a ignorância, ou melhor, a demência humana é tão grande que alguns são levados à morte justamente pelo medo da morte. E foi depois disso que vi um pouco de "lógica" em cima da religiosidade por trás das palavras de minha mãe - talvez seja mesmo um castigo.

2 comentários:

Fantástica Astronauta :) disse...

curti o texto, é um absurdo o comportamento humano.. tao irracional

Naaaany ☼ disse...

olhaM,vaka, eu não acredito em 'castigo'. pra mim tudo acontece por um motivo, no tempo certo, e isso cabe tanto nas nossas vidas, no cotidiano, quanto nessas tragédias que acontecem do nada,por 'nada', nenhum motivo aparente.
tudo tem um propósito, que a gente nem sempre vê na hora. talvez ainda não tenha caído a ficha do povo haitiano.